Notícias

Saiba como usar o cartão virtual do auxílio emergencial em mercados, farmácias e postos de gasolina

Já é possível fazer compras em mercados, farmácias, abastecer o carro gasolina e pagar boletos sem precisar sacar o valor ou ter um cartão físico

@Fonte: Portal JC Online - Economia - 20/05/2020


O beneficiário do auxílio emergencial de R$ 600 do Governo Federal pode usar o dinheiro através do cartão de débito virtual do aplicativo Caixa Tem, sem precisar sacar o valor ou ter um cartão físico. A medida é uma alternativa para desafogar a demanda nas agências da Caixa Econômica Federal, que desde o início da pandemia assistem a um cenário de superlotação de clientes que precisam sacar o dinheiro. Com o cartão virtual, já é possível fazer compras em mercados, farmácias, abastecer o carro gasolina e pagar boletos.

Além da Celpe, que passou a permitir o app como forma de pagamento da conta de luz dos pernambucanos, supermercados e gigantes do comércio digital também têm adotado a ferramenta em suas lojas. É o caso das marcas do Grupo BIG - Big, Big Bompreço, Super Bompreço, Maxxi Atacado, Sam’s Club e TodoDia.

O Grupo Carrefour Brasil também possui a solução em mais de 480 unidades, que incluem super e hiperrmercados, farmácias e postos de combustíveis. É possível conferir a lista de todas as lojas e horários de funcionamento no site da empresa.

O Grupo Pão de Açúcar, detentora das redes Extra, Pão de Açúcar e Assaí, habilitou a possibilidade de os clientes usarem o cartão virtual do auxílio em compras e pagamento de boletos. A medida contempla as lojas Assaí Atacadista, Compre Bem, Pão de Açúcar, Minuto Pão de Açúcar, Pão de Açúcar Drogaria, Extra Hipermercados, Extra Supermercados, Mercado Extra, Mini Extra e Drogarias Extra.

No comércio eletrônico, grandes marcas implementaram o recurso. É possível usar o débito digital nos sites Magazine Luiza, Extra.com.br, Lojas Americanas, Submarino e Shoptime.

- Como funciona o cartão:

Para começar a usar, o cartão virtual deve ser habilitado através do aplicativo CAIXA TEM, disponível gratuitamente na Play Store (Android) e App Store (iOS). Acesse o aplicativo com seu CPF e crie uma senha de 6 dígitos. Depois, clique em ‘Cartão de Débito Virtual’ e siga as instruções na tela.

Toda vez que for feita uma compra, o app vai mostrar um código de segurança de três dígitos diferente, que muda a cada uso. Cada cartão tem o limite de 10 transações por dia.

Aos correntistas do banco, a quem a ferramenta também está disponível, o site da ELO ensina a acessar a tecnologia pelo app da Caixa ou Internet Banking.

- Como usar para pagar fatura da Celpe:

Além da fatura recente, os clientes podem realizar o pagamento de contas de meses anteriores, caso estejam em aberto. A inciativa também beneficia clientes baixa renda cadastrados na Tarifa Social que ultrapassem 220 kwh.

O Cartão Virtual da Caixa Econômica Federal é disponibilizado de forma gratuita aos correntistas do banco; ele deve ser emitido por meio do Internet Banking ou pelo aplicativo da Caixa. Para efetuar o pagamento da fatura de energia, o cliente deve acessar o site da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) e clicar em "Pagamento com Cartão".

Após isso, é necessário clicar em "Pagamento com Cartão Virtual Caixa Elo" para ser redirecionado para um cadastro com login e senha. O cliente irá encontrar um ambiente de pagamento da Celpe-Flexpag – plataforma utilizada pela Celpe para pagamentos com cartões de crédito e Cartão Virtual Caixa Elo.

Após fazer o login na plataforma, o cliente deve selecionar as faturas em aberto e informar o número do cartão virtual emitido pela Caixa e selecionar a opção "débito" para realizar o pagamento. No final do processo, um comprovante de pagamento será emitido.

Em caso de dúvidas com relação à seleção de faturas e realização de pagamento no site da Celpe, o cliente pode entrar em contato com a Companhia pelos canais digitais da empresa e teleatendimento, número 116. Já quem tiver dúvidas sobre o funcionamento do cartão virtual, pode encontrar mais detalhes no site da Caixa.

Revisão da Lei de Parcelamento, Uso e Ocupação do Solo do Recife será discutida em dois dias de oficinas

@Fonte: Pernambuco.Com - Últimas - 12/11/2019


O Instituto da Cidade Pelópidas Silveira (ICPS), órgão de técnico da Secretaria de Planejamento Urbano (Seplan), vai promover nos dias 19 e 20 de novembro, Oficinas por Segmento para discussão da revisão da Lei de Parcelamento, Uso e Ocupação do Solo. Os debates públicos sobre estas leis específicas fazem parte do Plano de Ordenamento Territorial, que inclui a revisão e a regulamentação das principais leis urbanísticas do Recife.

Divididas por grupos, as oficinas acontecerão no auditório do ITBC, no Bairro do Recife, nos períodos da manhã e da tarde. Serão ouvidas as entidades profissionais, acadêmicas, de pesquisa, conselhos profissionais e ONGS. Em um segundo momento, estarão as entidades sindicais de categorias profissionais ligadas ao desenvolvimento urbano e movimentos sociais e populares ligados ao tema. Por fim, o setor empresarial.

Para participar, os interessados devem se inscrever, no local, até meia hora antes da oficina referente ao seu segmento. Por limitação física do espaço, serão inscritas 50 pessoas por grupo de atividades. O caderno de propostas que será discutido nos encontros está disponível nos sites do Plano Diretor e do Conselho da Cidade. Para ter acesso ao material basta acessar:
www.planodiretordorecife.com.br ou conselhodacidadedorecife.pe.gov.br.

Esta etapa soma-se ao cronograma de atividades públicas para revisão das principais leis urbanísticas da cidade. A Lei de Parcelamento, Uso e Ocupação do Solo é o instrumento urbanístico que orienta, em conjunto com o Plano Diretor, a forma e a intensidade da ocupação do solo na cidade pelas edificações. Estabelecem também limites, visando à preservação e conservação do meio ambiente e patrimônio cultural existente na cidade. Atualmente, o Parcelamento e o Uso e Ocupação do Solo estão em duas legislações distintas que devem ser unificadas após a o processo de revisão.

Programação:

Data: 19/11/2019
Local: Auditório do ITBC – Rua da Guia, 142, Recife Antigo, Recife-PE
Hora: 08h30 às 12h
Segmento: Entidades profissionais, acadêmicas, de pesquisa e conselhos profissionais e ONGs

Data: 19/11/2019
Hora: 14h30 às 18h
Local: Auditório do ITBC – Rua da Guia, 142, Recife Antigo, Recife-PE

Segmento: Entidades sindicais de categorias profissionais ligadas ao desenvolvimento urbano, movimentos sociais e populares com atuação na temática urbana ou ambiental

Data: 20/11/2019
Hora: 08h30 às 12h
Local: Auditório do ITBC – Rua da Guia, 142, Recife Antigo, Recife-PE
Segmento: Poder Público

Data: 20/11/2019
Hora: 14h30 às 18h
Local: Auditório do ITBC – Rua da Guia, 142, Recife Antigo, Recife-PE
Segmento: empresarial