Notícias

Decreto 49.487/20 – Retomada dos Eventos Sociais.

@Secovi - 29/09/2020


Ilustríssimos(as) Srs.(as) responsáveis legais dos condomínios residenciais e não residenciais, administradoras de condomínios, administradoras de imóveis e imobiliárias.

O Governo do Estado de Pernambuco, no dia 25 de setembro de 2020, através do Decreto nº. 49.487/20, no seu artigo 1º, alterou os artigos 11, 12, 13, 17 e 18 do Decreto nº 49.055/20, permitindo a retomada a partir do dia 28 de setembro de 2020, das realizações de eventos sociais, limitados a 30% (trinta por cento) da capacidade do ambiente, com até no máximo 100 (cem) pessoas.

Portanto, o uso do salão de festa do condomínio está liberado para os eventos sociais, devendo ser respeitado os mesmos limites de capacidade impostos para a realização de assembleias, ou seja, 30% (trinta por cento) da capacidade do ambiente em que será realizado, com até no máximo 100 (cem) pessoas, observadas as normas sanitárias relativas à higiene, ao distanciamento mínimo e ao uso obrigatório de máscara.

Feitas tais considerações, esperamos auxiliá-los no enfrentamento deste contexto de calamidade pública, sendo certo que mantemo-nos ao inteiro dispor por meio do telefone (81) 2123-9400 das 08:00h às 18:00h, de segunda a sexta-feira.

Sem mais para o momento, renovamos nossos protestos de estima e consideração.

Atenciosamente,
Márcio Gomes
Presidente

Aplicativo - Agentes de endemias voltam a receber ferramenta para inspecionar arboviroses

@Fonte: Pernambuco.Com - Vida Urbana - 04/09/2020


Com o cronograma paralisado desde o início da pandemia da Covid-19 em Pernambuco, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) voltou, nessa quinta-feira (3), com a entrega de smartphones que têm acesso ao aplicativo e-visit@PE, tecnologia que proporciona mais agilidade ao trabalho de monitoramento e consolidação de dados referentes à ocorrência das arboviroses (dengue, zika e chikungunya).

Desta vez, foram entregues 137 aparelhos equipados com a ferramenta para agentes comunitários de endemias (ACE), coordenadores, supervisores e técnicos do município de Olinda, pertencente à I Gerência Regional de Saúde (Geres). Para evitar a aglomeração de pessoas, a solenidade de entrega aconteceu apenas com os supervisores dos serviços, seguindo todos os protocolos sanitários, no auditório da Policlínica Barros Barreto, no Carmo.

Com os decretos de isolamento social anunciados pelo Governo de Pernambuco para evitar o contágio pelo novo coronavírus, os municípios foram orientados a seguir alguns cuidados específicos. "Os municípios da I Geres já haviam passado por capacitações para que os técnicos e agentes de endemias fossem apresentados à tecnologia e aprendessem todos os fluxos de inserção dos dados no sistema. No período de isolamento mais rígido, recomendamos que as gestões, além de adotar os cuidados preconizados pelo Ministério da Saúde no controle vetorial, avançassem na computação desses números. A cidade de Olinda conseguiu avançar nos trabalhos, o que possibilitou a entrega dos smartphones equipados com a tecnologia. Agora, mesmo com a retomada gradual das atividades, o trabalho continua com todos os cuidados necessários", explica a gerente de Vigilância das Arboviroses da SES-PE, Claudenice Pontes.

Resultado de uma parceria entre as secretarias de Saúde de Pernambuco e Mato Grosso do Sul, estado que já utilizava a tecnologia, o e-visit@ substitui os boletins diários das visitas domiciliares realizadas pelos agentes de endemia, evitando a utilização de papel e a necessidade de digitação pós-visita, o que traz mais agilidade na consolidação das informações.

No aplicativo, os agentes podem localizar os imóveis a serem visitados, selecionar o tipo de visita a ser feita e digitar as informações necessárias, como os focos encontrados e tratados. Ainda é possível fazer upload de imagens. Todos os dados podem ser compartilhados, em tempo real, como os gestores municipais e estaduais.

“A utilização dessa tecnologia possibilita aos gestores dos municípios e do Estado o acesso mais rápido às informações que forem colhidas no trabalho dentro dos territórios. Com esses dados em tempo real, estratégias de combate e cenários epidemiológicos sobre a dengue, zika e chikungunya podem ser desenhados de forma mais imediata e no tempo oportuno”, destaca Claudenice Pontes.

Até o momento, já foram entregues 1.959 smartphones para profissionais de 124 municípios das localizados nas I, IV, V, VI, VII, VIII, IX, X, XI e XII Geres. Os coordenadores e digitadores da plataforma web de todos os municípios já foram treinados pela Secretaria. A expectativa é que, até o fim de setembro, todos os agentes de endemias das cidades também tenham sido treinados para uso da ferramenta. Ao todo, cerca de 3,3 mil smartphones serão entregues.

Em Pernambuco, foram notificados, até 22 de agosto, 26.216 casos de dengue (5.628 confirmados), 4.081 de chikungunya (934 confirmados) e 1.633 notificações para zika (com 12 confirmações). Na I Geres, foram confirmados 1.069 casos de dengue (7.472 notificações), 685 casos confirmados para chikungunya (2.211 notificados) e 1 confirmação para zika (761 casos notificados).