Notícias

Decreto 50.470 - Flexibilização das medidas restritivas a partir de 1º de abril

Orientações a cerca da aplicabilidade do Decreto Estadual 50.470 26 março 2021

@Secovi - 31/03/2021


Considerando as ações dos entes públicos e privados no âmbito do combate à pandemia do Coronavírus (COVID-19), foi publicado, em 26 de março de 2021, o Decreto Estadual nº 50.470/2021, o qual estabelece medidas temporárias para enfrentamento do cenário emergencial da saúde pública. Para mais informações baixe o arquivo.

Pandemia muda perfil de busca por imóveis

@Fonte: Diário de Pernambuco - Economia - 19/04/2021


Home office, aulas on-line e mais tempo longe dos escritórios se tornaram realidade na vida de muitos brasileiros durante a pandemia da Covid-19. Segundo dados da Fundação Instituto de Administração (FIA), ainda no início da crise sanitária, o trabalho em casa foi estratégia adotada por 46% das empresas pesquisadas. Já dados internos do Google mostram um crescimento de 73% nas buscas por educação on-line e softwares educacionais. O cenário aqueceu um nicho específico de mercado, imóveis de médio e alto padrão voltados para quem passou a despender mais tempo em casa.

De acordo com um levantamento da Brain Inteligência Estratégica em parceria com a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) em 2020, 12% das 600 pessoas entrevistadas no Recife afirmaram estar em busca de um imóvel mais espaçoso. Já 10% alegaram iniciar a busca por imóveis após o começo da pandemia e 10%, que antes procuravam apartamentos, passaram a buscar por casas. Outros 20% começaram a reconsiderar a quantidade de cômodos.

O estudo também mostrou que Pernambuco teve um crescimento de 3.000% em lançamentos, comparando o quarto trimestre de 2020 com o mesmo período do ano anterior. Foram 39 lançamentos em 2019, contra 1.310 em 2020.

Lugares tranquilos, propícios para o home office e estudos em casa, ganharam mais atenção do público, como comenta o diretor do Sindicato da Habitação em Pernambuco (Secovi-PE), Elísio Cruz. “Houve, desde o início da pandemia, uma tendência por imóveis de praia. Quase esgotamos nossa oferta de venda, estava difícil encontrar até imóveis para locação. A procura foi considerável e o mercado detectou isso. O Paiva lidou muito bem com essa demanda”, comentou.

Além da Reserva do Paiva, um sonho distante para a realidade financeira de muitas, o diretor da Secovi-PE Elísio Cruz aponta que existem outras alternativas que atendem ao perfil das pessoas que buscam lugares tranquilos para a vida de home office. “Em determinadas praias você encontra imóveis também com boa estrutura e mais acessíveis para a classe média, como Tamandaré e Itamaracá”, indicou.

Outra alternativa são os condomínios planejados da Região Metropolitana, em bairros mais afastados. “Hoje a gente percebe uma alta demanda por imóveis no Alphaville, na saída do Recife”, disse. O condomínio, nas proximidades do bairro do Curado e dos municípios de Moreno e Jaboatão dos Guararapes, é uma possibilidade viável para famílias de classe média e média-alta.

“Tem também o Condomínio Três Lagoas, com perfil semelhante”, finalizou Elísio Cruz. Este em Jaboatão.