Notícias

Tabela de Contribuição Sindical 2018

@Secovi-PE - 18/01/2018


O Sindicato das Empresas de Compra e Venda, Locação e Administração de Imóveis e dos Edifícios em Condomínios Residenciais e Comerciais do Estado de Pernambuco - SECOVI –PE, sediado na Rua Ernesto de Paula Santos,960 lj, 03 Boa Viagem , inscrito no CNPJ sob o nº 24.566.663/0001-36, devidamente registrado no Ministério do Trabalho e Emprego, Código Sindical nº 000.002.000.89616-7 com base territorial no estado de Pernambuco, por seu representante legal, com fundamento nos artigos 8º e 149º da Constituição Federal; artigo 217, inciso I da Lei 5.172/1966 – Código Tributário Nacional; e, em atendimento ao disposto nos artigos 580, 587 e 605 do Decreto Lei nº 5.452/1943 – Consolidação das Leis do Trabalho, NOTIFICA em pública forma os representantes legais dos condomínios residenciais, comerciais e mistos , dos flats e shopping centers, das empresas de compra, venda, locação e administração de imóveis próprios ou de terceiros e de condomínios, das incorporadoras de imóveis e das loteadoras, na sua base de representação sindical, que a partir das alterações introduzidas pela Lei nº 13.467/2017 o pagamento da Contribuição Sindical passou a ser facultativo; entretanto, permanece sendo a principal fonte de custeio para o exercício das prerrogativas da entidade sindical – representação e defesa dos interesses coletivos da categoria.
A opção do representado deverá ser exercida, através do pagamento da Guia de Recolhimento da Contribuição Sindical Urbana – GRCSU até o dia 31 de janeiro de 2018. Recolhimentos após a esta data seguem o disposto no art. 600 da CLT. As pessoas jurídicas representadas pelo sindicato deverão calcular sua contribuição de acordo com a tabela abaixo. Os condomínios Edilícios, segmento sem personalidade jurídica e sem capital social, também representados pelo Sindicato, recolherão a contribuição mínima da Tabela, correspondente a R$ 215,03.

TABELA PARA CÁLCULO DA CONTRIBUIÇÃO SINDICAL
VIGENTE A PARTIR DE 01 DE JANEIRO DE 2018
LINHA CLASSE DE CAPITAL SOCIAL ALÍQUOTA PARCELA A ADICIONAR
01 de 0,01 a 26.879,25 Contr. Mínima 215,03
02 de 26.879,26 a 53.758,50 0,8% -
03 53.758,51 a 537.585,00 0,2% 322,25
04 de 537.585,01 a 53.758.500,00 0,1% 860,14
05 de 53.758.500,01 a 286.712.000,00 0,02% 43.866,94
06 de 286.712.000,01 em diante Contr. Máxima 101.209,34

Nannai em construção em Fernando de Noronha

Investimento é em uma pousada-boutique, que tem como proposta elevar o padrão de hospitalidade da ilha. Inauguração será no verão de 2019

@André Clemente, do Diario de Pernambuco - 27/10/2018


Fernando de Noronha vai ganhar uma pousada-boutique da rede Nannai Resorts & SPA. Apesar de a ilha ser um destino atrativo por si só, o Nannai chega para somar ao serviço hoteleiro, pensando em elevar o padrão de hospitalidade e garantir o melhor serviço para os seus visitantes, no reconhecido padrão da unidade de Muro Alto, no entorno de Porto de Galinhas. O hóspede que escolher o Nannai Noronha terá acesso à praia da Conceição, com trilha para a beira-mar, point preferido pelos surfistas e moradores. O projeto é desenhado pelo escritório de Humberto Zirpoli e, além de recuperação da estrutura existente da antiga pousada Beijupirá, foi feita uma ampliação, nesse caso, 100% utilizando o modelo de construção a seco, prática sustentável adotada em construções no mundo realizada pela pernambucana Bonanza Steel Frame. A inauguração está prevista para o verão de 2019.

O ar de exclusividade vem das acomodações: são cinco tipos, entre bangalôs e apartamentos luxuosos (com os nomes de praias), perfeitos para casais e famílias. Para até quatro pessoas, há bangalôs com dois ambientes interligados, com cama super king e bicama, outros com day bed na varanda e mesa para refeições ao ar livre. Os quartos são equipados com frigobar, cofre, máquina de café expresso, TV e ar-condicionado. Uma categoria dos apartamentos é adaptada para atender pessoas com necessidades especiais (PNE). Conta com portas mais largas para a circulação de cadeiras de rodas, barras de segurança no banheiro e rampa de acesso.

Os terraços espaçosos foram projetados para contemplar a vista da Mata Atlântica, combinando a vida ao ar livre e a privacidade dos quartos. Dali, é possível apreciar a praia, a piscina, o jardim ou o Morro do Pico, ponto mais alto de Fernando de Noronha e cartão postal da ilha. Alguns dos apartamentos têm varanda, chuveiro ao ar livre e piscina privativa. Para contemplar a brisa do oceano, a área da piscina é cercada por gazebos, que conferem mais privacidade, e espreguiçadeiras em um espaço de muito verde. A piscina, por sinal, possui borda infinita para valorizar ainda mais a paisagem.

O projeto paisagístico é de Luiz Vieira, também responsável pela unidade de Muro Alto. Zirpoli e Vieira trabalharam em conjunto com a equipe do Nannai. Seguindo a linha sustentável, ao mesmo tempo com um design arrojado e vibrante, os quartos têm assinatura da decoradora Macira Farias, com elementos em madeira de demolição, criando um ambiente agradável em harmonia com a vegetação.
Construção a seco
A obra de ampliação da estrutura é 100% em Light Steel Frame (LSF), que inclui nove bangalôs, alguns apartamentos em piso superior à estrutura de alvenaria reformada, restaurante, piscina e spa. O LSF é caracterizado por ser um método construtivo industrializado e a seco, o que possibilitou o desperdício mínimo de materiais e sem o uso de água potável, fatores importantes à sustentabilidade ambiental. O LSF reúne inúmeros atributos e vem sendo adotado principalmente em termos de velocidade de construção, de redução de desperdícios, redução de manutenção pós-obra, além de aumento de vida útil da edificação. Alta performance estrutural, térmica e acústica tem sido um condicionante de conforto para os usuários.