Notícias

Veja como economizar energia em sua casa

Dicas da Celpe

@Assessoria de Comunicação Secovi-PE - 27/03/2020


- Quando estiver usando o chuveiro elétrico, tome banhos mais curtos, de até cinco minutos;
- No verão, selecione a temperatura morna;
- Verifique as potências do chuveiro e calcule seu consumo;
- Não deixe portas e janelas abertas em ambientes com ar condicionado;
- Mantenha os filtros do ar condicionado limpos;
- Diminua ao máximo o tempo de utilização do aparelho;
- Coloque cortinas nas janelas que recebem sol diretamente;
- Só deixe a porta da geladeira aberta o tempo necessário;
- Regule a temperatura interna de acordo com o manual de instruções do aparelho;
- Espere os alimentos esfriarem para colocar dentro da geladeira;
- Deixe espaço para ventilação na parte de trás do aparelho e não a utilize para secar roupas ou panos;
- Não forre as prateleiras da geladeira;
- Descongele e verifique as borrachas de vedação de forma regular;
- Utilize iluminação natural ou lâmpadas econômicas e apague a luz ao sair de um cômodo;
- Junte roupas para passar de uma só vez;
- Separe as roupas por tipo e comece por aquelas que exigem menor temperatura;
- Nunca deixe o ferro ligado enquanto faz outra atividade;
- Retire os aparelhos da tomada quando possível

Conselho suspende as parcelas de financiamento

Medida foi aprovada por 120 dias e vale para famílias com renda mensal de até R$ 4 mil e para algumas modalidades de financiamento com recursos do FGTS

@Fonte: Diário de Pernambuco - Economia - 09/09/2020


O Conselho Curador do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) aprovou ontem a suspensão, por 120 dias, de parcelas de financiamento habitacional para a população de baixa renda por causa da pandemia da Covid-19. É esperado que, com isso, o fundo deixe de arrecadar R$ 3 bilhões no período, contado a partir das parcelas que vencem em setembro. No entanto, o governo diz que não haverá prejuízo ao FGTS, pois o valor será pago posteriormente e com correção monetária.

A suspensão temporária vale para famílias com renda mensal de até R$ 4 mil (faixas 1,5 e 2 de contratos habitacional) e para algumas modalidades de financiamento com recursos do fundo, como a carta de crédito individual –financiamento feito diretamente com a pessoa física e destinado à construção, reforma ou melhoria na moradia própria (residencial).

Também será aplicada à carta de crédito associativo, linha de crédito para financiamento de empreendimentos habitacionais com recursos do FGTS e formalizada com uma empresa do ramo de construção civil, geralmente cooperativas, associações, sindicatos, etc.

Outra linha é a de Apoio à Produção, voltada para construtoras de todos os portes. Neste caso, os recursos do financiamento feito para as pessoas físicas são liberados diretamente à construtora, conforme cronograma de execução da obra.

A pausa nas cobranças, porém, não inclui, por exemplo, o programa Pró-Moradia, que atende famílias em situação de risco social, mas é assinado com estados e municípios.

No caso da parcela mais vulnerável atendida pelo Minha Casa Minha Vida, a Câmara chegou a aprovar um projeto que suspende, por seis meses, o pagamento das prestações do faixa 1 em decorrência da crise sanitária gerada pelo novo coronavírus. Mas isso ainda não foi aprovado no Senado.

Durante a reunião virtual do Conselho do FGTS, também foi aprovada uma mudança nas regras do fundo para reduzir os juros cobrados em financiamento habitacional do novo programa lançado pelo governo: Casa Verde e Amarela. A proposta do Ministério do Desenvolvimento Regional é substituir o Minha Casa Minha Vida, mas o projeto ainda depende do aval final do Congresso. O Conselho reduziu de 0,25 ponto percentual a até 0,5 ponto percentual os juros famílias com renda bruta de até R$ 2,6 mil por mês no Norte e no Nordeste. Para as demais regiões, o corte é mais limitado: 0,5 ponto percentual para renda de até R$ 2 mil.